v. 29, n. 1 (2009)

Editorial

Compreender a época em que vivemos, a par de suas variadas nomeações e respectivas implicações políticas, como fragmentada, marcada por incertezas e troca de valores não deve nos levar a concepções pessimistas ou otimistas tout court. O que se impõe, acreditamos, é a necessidade de pensarmos e agirmos para além do reconhecimento das mazelas que nos atingem em termos e tempos globais.

Enquanto educadores, precisamos encarar os desafios que se apresentam, reafirmando o papel da educação para que se efetivem mudanças positivas, considerando a dimensão formal do conhecimento e a dimensão necessariamente subjetiva de todo saber científico.

De diferentes formas, os textos aqui reunidos contemplam essa perspectiva: a necessidade de questionarmos, a partir do acompanhamento das diferentes trajetórias de docentes da universidade pública e privada, o processo de formação dos professores do ensino superior, como apontam Silvia Maria de Aguiar Isaia e Andréia de Mello Buss de Castro; a relevância do modelo construtivista para as pesquisas na área de Ciências Sociais e, especialmente, no campo da educação, conforme abordagem de João Manoel Roratto; a discussão sobre estudos em educação matemática baseados na História Cultural, de acordo com Antonio Vicente Marafioti Garnica; a importância das concepções de ciência na licenciatura, na perspectiva de Lenir Basso Zanon, Clarinês Hames, Tânia Regina Tiecher e Aniara Ribeiro Machado; a apresentação de critérios para a seleção de livros didáticos, por Nilton Nogueira Wille, Priscila da Rosa Braga e José Vicente Lima Robaina; o papel do professor enquanto sujeito atuante e crítico em uma aproximação interessante com o papel do escritor na sociedade, como na trajetória literária de Mario Benedetti, na perspectiva de Mariana Ferreira González; a importância da mídia nas práticas formativas, exemplificada pela análise de crônicas que questionam a representação feminina, conforme pesquisa de Sibila Rocha, Silvia Niederauer e Vera Elizabeth Prola Farias.

Compõe, ainda, este volume, uma resenha crítica sobre o livro Imagens de professores organizado pela professora Valeska Fortes de Oliveira, que se dirige, segundo os autores, a todos os que acreditam no potencial da escola e do professor e que “buscam contribuir na construção de repertórios de saberes necessários ao profissional da educação”.

Temos, assim, a grata satisfação de dividir, com nossos leitores, esta dimensão desafiadora do pensar e do fazer em educação, escapando-se do pessimismo ou otimismo simplista, seguindo-se nossa reflexão inicial. E, sobretudo, agradecemos a todos e a todas que permitiram a realização de mais este significativo número da Revista Vidya.

Profª. Dr. Inara de Oliveira Rodrigues

Editora

Sumário

Artigos

Silvia Maria de Aguiar Isaia, Andréia de Mello Buss de Castro
PDF
12
João Manoel Roratto
PDF
14
Antonio Vicente Marafioti Garnica
PDF
14
Lenir Basso Zanon, Clarinês Hames, Tânia Regina Tiecher, Aniara Ribeiro Machado
PDF
10
Nilton Nogueira Wille, Priscila da Rosa Braga, José Vicente Lima Robaina
PDF
14
Mariana Ferreira González
PDF
14
Sibila Rocha, Silvia Niederauer, Vera Elizabeth Prola Farias
PDF
10
Vanessa Alves da Silveira de Vasconcellos, Vantoir Roberto Brancher
PDF
6