v. 30, n. 1 (2010)

Editorial

A revista Vidya sofreu modificações substanciais neste primeiro semestre de 2010. A Profª. Dr. Inara de Oliveira Rodrigues que esteve durante anos à frente da revista Vidya afastou-se dessa função, em razão de mudanças na sua trajetória profissional. Sua atuação conferiu a este periódico uma qualidade reconhecida pela academia, com aprimoramento do sistema de avaliação, atualização das edições e primorosa apresentação gráfica. Assim, queremos deixar registrado aqui um profundo agradecimento à profª. Inara pelo trabalho desenvolvido e pela sua extrema dedicação à revista Vidya.

A adequação deste periódico aos critérios de qualificação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), já iniciada sob a gestão da profª. Inara, juntamente com as novas exigências de avaliação de artigos de uma multiplicidade de áreas ligadas à educação, exigiu novos avaliadores que, juntamente com professores que já emitiam pareceres para a revista, formam o novo Corpo Consultivo.

Essas mudanças estão sendo implementadas neste número da Vidya, embora ainda timidamente, porém com a expectativa de que o público leitor venha, mais uma vez, encontrar neste periódico, relatos de pesquisas, de experiências de ensino e aprendizagem, bem como ensaios que contribuam para suas reflexões sobre aspectos teóricos da educação.

Neste número, são abordadas preocupações com questões essenciais da educação, relacionadas ao ensino e à aprendizagem ou à formação do profissional. São olhares que se complementam e que mostram articulistas preocupados com a educação em uma sociedade pluralista e multifacetada. Arlei Peripolli, Silvio Carlos dos Santos e Soraia Napoleão Freitas trazem os resultados de uma investigação desenvolvida em um Centro de Atendimento Sócio Educativo, discutindo a criatividade de adolescentes em conflito com a lei. Lidia Kadlubitski e Sérgio Junqueira abordam a diversidade cultural presente na formação de pedagogos na cidade de Curitiba, por meio de dados obtidos em documentos oficiais e entrevistas junto aos cursos de Pedagogia.

Cristiane Köhler Carpilovski e seus colegas investigam as respostas de professores sobre a abordagem da educação sexual em suas aulas. Ana Lúcia Abrahão, Mauro Leonardo S. C. dos Santos e Rodolpho Fernandes de Souza discutem a dissonância entre a formação do enfermeiro e sua prática, após terem entrevistado profissionais egressos de uma instituição de ensino superior.

A seguir, são apresentados dois textos que trazem reflexões sobre Educação e Mídia: Marlon André da Silva e Paulo Evaldo Fensterseifer consideram os desafios impostos à escola pela mídia e Priscila Kalinke da Silva apresenta o novo campo de conhecimento conhecido como Educomunicação. Finalmente, Abel Garcia Lozano, Clicia Valladares P. Friedmann e Valessa L. L. de Sá Pinto trazem algumas reflexões sobre o ensino de métodos e conceitos matemáticos, apontando o caráter imediatista em que se encontra o ensino de Matemática e as possíveis consequências dessa situação na formação geral dos estudantes.

Este número da revista Vidya encerra-se com uma resenha organizada pela professora Adriana C. M. Figuera, sobre o livro “Formação de Professores: compartilhando e reconstruindo conhecimentos”, de autoria da professora Doris Pires Vargas Bolzan.

Mais uma vez a revista Vidya tentou focalizar múltiplos aspectos da educação. Fica aqui um agradecimento a todos que para isto contribuíram.

Profª. Dr. Helena Noronha Cury

Editora

Sumário

Artigos

Arlei Peripolli, Silvio Carlos dos Santos, Soraia Napoleão Freitas
PDF
16
Lidia Kadlubitski, Sérgio Junqueira
PDF
18
Cristiane Köhler Carpilovsky, Daiana Sonego Temp, Ijoni Costabeber, Felix Alexandre Antunes Soares, Jéssica Arrial, Kelly Bordin Trelles
PDF
10
Ana Lúcia Abrahão, Mauro Leonardo S. Caldeira dos Santos, Rodolpho Fernandes de Souza
PDF
8
Priscila Kalinke da Silva
PDF
10
Marlon André da Silva, Paulo Evaldo Fensterseifer
PDF
8
Abel Garcia Lozano, Clicia Valladares P. Friedmann
PDF
10
Adriana Cláudia Martins Fighera
PDF
4