EDUCAÇÃO FUNDAMENTAL: AÇÃO DOS PROFESSORES FRENTE À TEMÁTICA DA EDUCAÇÃO SEXUAL NA ESCOLA PÚBLICA

Cristiane Köhler Carpilovsky, Daiana Sonego Temp, Ijoni Costabeber, Felix Alexandre Antunes Soares, Jéssica Arrial, Kelly Bordin Trelles

Resumo


Com a nova Lei de Diretrizes e Bases (LDB), a Educação Sexual é colocada nos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) como tema transversal. Essa expressão “Tema Transversal” caracteriza a Educação Sexual como assunto que deve ser tratado em todas as disciplinas, com a participação ativa e consciente dos professores. Nesse sentido, torna-se necessário averiguar se os professores estão preparados para falar sobre temas amplos e polêmicos, como gravidez na adolescência, virgindade e doenças sexualmente transmissíveis. Com esse intuito, este estudo analisou as respostas de professores de diferentes disciplinas, obtidas por meio de questionário, que abordou diversos temas relacionados à sexualidade, revelando que os docentes não se sentem preparados para trabalhar com este tema e, por conta disso, solicitam a inclusão de trabalhos que abordem a sexualidade, a fim de fornecer apoio e condições dentro da sala de aula.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.37781/vidya.v30i1.299

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM

 

 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.