“UM ENORME HOSPITAL”: PRÁTICAS DE CURAS NO RIO GRANDE DO SUL DO SÉCULO XX

Beatriz Teixeira Weber

Resumo


Uma crônica de 1925, publicada no jornal Gazeta de Notícias, registra que Porto Alegre apresentava-se como "um enorme hospital", referindo-se a curandeiros e espíritas que por lá passavam e que provocavam grande afluxo de pessoas. Como explicar a popularidade de práticas de cura as mais diversas, num período em que já estaria no auge a luta por uma medicina científica, pois a teoria bacteriana parecia justificar a origem de muitas doenças?

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM

 

 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.