LETRAS: PALAVRAS, TEXTOS E CONTEXTOS NA PERMANÊNCIA DA UTOPIA

Inara de Oliveira Rodrigues

Resumo


A reflexão sobre o papel do profissional de Letras, mais especificamente do professor que se forma nesse campo do conhecimento humano, aponta para a sua responsabilidade diante da permanência da utopia, entendida como horizonte de ação para a transformação social. Não se trata, porém, de um enfoque diretamente pedagógico ou didático mas, sim, de efetuar-se um questionamento quanto à dimensão ética de sua (nossa) atuação e, mais especificamente, sobre aspectos relacionados à literatura. Nesse sentido, e por desdobramento, trata-se, portanto, de uma análise sobre a dimensão ética e o potencial utópico do próprio fenômeno literário.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.37781/vidya.v21i37.467

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM

 

 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.