MODELAGEM MATEMÁTICA NA PERSPECTIVA DO DOCENTE-FORMADOR DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO

Autores

DOI:

https://doi.org/10.37781/vidya.v43i2.4599

Resumo

A Modelagem Matemática na Formação de Professores tem sido um tema recorrente no campo da Educação Matemática. Neste cenário, este texto admite a seguinte interrogação: que compreensões se revelam sobre a Modelagem Matemática por docentes formadores do Estágio Curricular Supervisionado? Em busca de respostas, esta pesquisa qualitativa segundo a abordagem fenomenológica analisa os depoimentos de nove docentes formadores que no ano de 2017 estiveram responsáveis pelo Estágio Curricular Supervisionado em instituições públicas paranaenses de nível superior. A análise desses depoimentos revelou a emergência de três redes compreensivas que nos permitiram expor as compreensões sobre a Modelagem Matemática manifestadas por docentes formadores que atuaram no Estágio Curricular Supervisionado, a saber: Compreensões teórico-metodológicas sobre a Modelagem Matemática; Compreensões sobre o lugar da Modelagem Matemática como componente formativa; Compreensões sobre Modelagem Matemática na interface com a pesquisa científica. No horizonte interpretativo, de modo geral, essas compreensões influenciam no favorecimento ou ausência da Modelagem Matemática como prática pedagógica, trazendo implicações à formação em Modelagem Matemática.

Biografia do Autor

Wellington Piveta Oliveira, Universidade Estadual do Paraná - UNESPAR (Campus Paranavaí)

Doutor em Educação para a Ciência e a Matemática pela Universidade Esadual de Maringá (UEM). Atualmente é docente no Colegiado de Matemática da Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR) no campus Paranavaí e na Universidade Cesumar (UNICESUMAR).

Lilian Akemi Kato, Universidade Esadual de Maringá - UEM

Doutora em Matemática Aplica pela Universidade Estadual de Campinas. Atualmente é docente associada do Departamento de Matemática da Universidade Esadual de Maringá (UEM).

Downloads

Publicado

2023-12-15

Como Citar

Oliveira, W. P., & Kato, L. A. (2023). MODELAGEM MATEMÁTICA NA PERSPECTIVA DO DOCENTE-FORMADOR DE ESTÁGIO CURRICULAR SUPERVISIONADO. VIDYA, 43(2), 97–112. https://doi.org/10.37781/vidya.v43i2.4599