FATORES RELEVANTES NAS ATIVIDADES EXPERIMENTAIS NO ENSINO DE CIÊNCIAS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.37781/vidya.v41i2.3838

Resumo

O presente estudo teve como objetivo investigar o contexto da experimentação no ensino de Ciências, no que tange a definição conceitual, as percepções e os objetivos acerca das atividades experimentais, assim como a frequência, os procedimentos e as necessidades para a efetivação de tais práticas. Trata-se de uma pesquisa de campo de natureza qualitativa, que teve como sujeitos, 63 professores atuantes no ensino de Ciências do Ensino Fundamental II das escolas públicas urbanas do município de Uruguaiana/RS. Para a coleta dos dados utilizou-se um questionário e a análise dos mesmos deu-se por meio da Análise de Conteúdo. Os resultados descritos denotam que a experimentação é considerada relevante à aprendizagem dos estudantes, mas há inúmeras incompreensões quanto a finalidade dessa prática nas aulas de Ciências. Considera-se que este estudo apresenta importantes constatações que poderão contribuir tanto para o contexto pesquisado, quanto para a área do ensino de Ciências.

Biografia do Autor

Quelen Colman Espíndola Lima, Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

Possui Licenciatura em Ciências da Natureza pela Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA) Dom Pedrito/RS, Mestrado em Educação em Ciências pela UNIPAMPA - Uruguaiana e atualmente é Doutoranda em Ciências Biológicas: Bioquímica Toxicológica pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

Mara Regina Bonini Marzari, Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA)

Possui graduação em Química Licenciatura (UFSM), Especialização em Metodologia do Ensino de Química (UNINTER), Mestrado em Química (UFSM) e Doutorado em Ciências - Área de concentração Química Orgânica (UFSM, 2014). Atualmente é professora Adjunta do curso de graduação em Ciências da Natureza - Licenciatura e no Programa de Pós-graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde da Universidade Federal do Pampa - Campus Uruguaiana/RS.

Simone Pinton, Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA)

Possui graduação em Química Licenciatura Plena pela Universidade Federal de Santa Maria, Mestrado e Doutorado em Ciências Biológicas (Bioquímica Toxicológica) realizado na Universidade Federal de Santa Maria, com um período do doutorado sanduíche realizado na Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa/Portugal. Realizou pós-doutorado integrado nas Universidades Federais de Santa Maria, Universidade Federal de Santa Catarina e na Faculdad de Medicina, Universidad de la Republica/Uruguay. É docente permanente no Programa de pós-Graduação em Bioquímica e coordenadora Curso de Ciências da Natureza (UAB) (2021) da Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA).

Downloads

Publicado

2021-11-22

Edição

Seção

Artigos