FORMAÇÃO DE PROFESSORES E CONTEMPORANEIDADE

Délcia Enricone

Resumo


A proposta deste artigo baseia-se numa reflexão sobre formação de professores e a contemporaneidade, tendo por base trechos da literatura de três autores que deixaram marcas expressivas na história: Sófocles (Grécia Antiga), com a obra Antígona; Dante Alighieri (Itália Medieval), com o livro A Divina Comédia, e Shakespeare (Inglaterra), com a peça A Tempestade. Temáticas abordadas como conhecimento e liberdade são imprescindíveis para uma prática educativa de excelência. Por meio dessas considerações, pretendemos que os professores reflitam sobre sua atuação docente, valendo-se da liberdade, da utopia e da esperança para que ela se torne cada vez mais rica e expressiva.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM

 

 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.