EDUCAÇÃO, CONDIÇÃO DE AGENTE E CIDADANIA

Neuro José Zambam

Resumo


O funcionamento equilibrado de uma sociedade depende, entre outros fatores, da organização do sistema educacional, que é determinante para a formação do conceito de pessoa e da estruturação das relações com os demais seres humanos, com a diversificada organização das sociedades e suas instituições e com o meio ambiente. Considerando, especificamente, as desigualdades moralmente injustificadas, presentes no interior das relações sociais e entre os países, conseqüência de interesses individualistas e corporativos, a educação tem condições de contribuir decisivamente para a promoção da condição de agente dos seus membros. Conforme compreende Amartya Sen, para que cada pessoa participe ativamente da sociedade, desenvolva as suas potencialidades e escolha aquilo que considera importante para a sua realização, o que não está restrito às condições de bem-estar, a condição de agente é essencial. A promoção dessa condição se constitui num dos objetivos fundamentais da ação pedagógica, contemplando as diferentes condições das pessoas e corrigindo distorções sociais, políticas, econômicas e culturais.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM

 

 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.