DESEMPENHO, REPRESENTAÇÕES E ESTRATÉGIAS DE ESTUDANTES DO 5º ANO DO ENSINO FUNDAMENTAL NA RESOLUÇÃO DE SITUAÇÕES DE COMBINATÓRIA

Danilo do Carmo de Souza, Juscileide Braga de Castro, Antonio Luiz de Oliveira Barreto

Resumo


Compreender as estratégias dos estudantes pode ajudar o professor a (re)definir sua prática pedagógica, pois ajuda a entender as dificuldades e acompanhar o desenvolvimento dos conceitos matemáticos. Esta pesquisa tem como objetivo analisar o desempenho em correspondência com as estratégias e as representações empregadas por estudantes do 5º ano para a resolução de situações de combinatória. Analisou-se os testes diagnósticos de 182 estudantes à luz da Teoria dos Campos Conceituais. Os resultados indicam que a representação mais empregada foi a numérica, mas não se mostrou tão eficaz quanto a combinação de representações. A listagem foi verificada apenas na resolução da situação com o todo desconhecido, sendo possível verificar os níveis diferentes de raciocínios. As estratégias das situações com a parte desconhecida foram consideradas mais sofisticadas, não necessariamente pela operação, mas porque requisitavam uma inversão de raciocínio, o que indica a necessidade de se explorar estes tipos de situações na escola.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.37781/vidya.v40i2.3367

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM

 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusiva dos autores.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.