EXPLORAR E COMUNICAR IDEIAS SOBRE ISOMETRIAS

Maria Auxiliadora Lage, Maria Clara Rezende Frota

Resumo


Neste artigo, relatam-se resultados de uma pesquisa que investigou as possibilidades de mobilização das formas de pensamento matemático no estudo das Transformações Geométricas no Plano. Três grupos de estudantes, de diferentes níveis de escolaridade, trabalharam com o software GeoGebra, na resolução de atividades focalizando as habilidades matemáticas de: visualizar; descobrir e inventar coisas; descrever  relações e processos; pensar, montando e desmontando ideias; fazer conjecturas; comunicar ideias. Os arquivos com as construções e os registros escritos dos alunos, além de protocolos de observação, foram analisados, buscando identificar as formas de pensamento algébrico e geométrico mobilizadas e as formas de comunicação utilizadas.  Os resultados aqui apresentados apontam que os alunos mobilizaram formas variadas de pensamento matemático, comunicando oralmente suas descobertas sobre isometrias de polígonos, mas apresentaram dificuldades na elaboração dos registros escritos e formalização das ideias matemáticas. O ambiente informatizado e a postura investigativa adotados favoreceram a articulação entre as formas de raciocínio algébrico e geométrico, contribuindo para o estudo das isometrias.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.37781/vidya.v31i2.293

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM

 

 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.