AS MEDIDAS DE TENDÊNCIA CENTRAL E DE DISPERSÃO NOS PROGRAMAS E LIVROS DIDÁ- TICOS DE MATEMÁTICA DO ENSINO MÉDIO NO BRASIL E NA FRANÇA: ANÁLISE DOS EFEITOS DOS PROGRAMAS NOS LIVROS DIDÁTICOS

Autores

  • Vladimir Lira Veras Xavier de Andrade
  • Jean Claude Régnier
  • Anna Paula de Avelar Brito Lima

Resumo

Neste artigo, apresentamos parte dos resultados de uma pesquisa de doutorado sobre as medidas de tendência central e de dispersão nos programas e nos livros didáticos de Matemática do ensino médio do Brasil e da França. Procuramos comparar os programas com os livros didáticos de Matemática observando os efeitos na forma como os livros são organizados. Observamos quais medidas de tendência central e de dispersão são apresentadas nos programas do Brasil e da França, além de outros elementos dos programas que serviram de base para analisar os livros didáticos. Os resultados indicaram os efeitos dos programas nas diferenças observadas entre as coleções analisadas. Quando comparamos as coleções francesas observamos uma menor dispersão, enquanto que nas coleções brasileiras, diferenças de uma coleção para outra são maiores. Isso também tem efeitos na forma das medidas de tendência central e de dispersão serem apresentadas. Essas têm uma melhor organização nos manuais escolares franceses.

Downloads

Publicado

2014-05-29

Edição

Seção

Artigos