TECNOLOGIA E OS MODELOS MATEMÁTICOS: REFLEXÕES CRÍTICO-ONTOLÓGICAS

Everaldo Silveira, Guilherme Wagner

Resumo


Pensar as relações entre a educação matemática e outras áreas do conhecimento demanda encontrar relações entre o campo da matemática e outros campos do saber. Após uma exposição da importância histórica sobre modelos matemáticos, discutimos de que maneira a modelagem matemática, enquanto prática científica, situa-se na produção e construção de conhecimentos tecnocientíficos. Desenvolveu-se, primeiramente, uma epistemologia materialista dos modelos matemáticos (BADIOU, 1972) cunhando as características de transferidores, construtores e possuidores de verdade. Em seguida, buscando responder a pergunta ‘que verdade é essa?’, debatemos a importância dos modelos matemáticos, enquanto elementos científicos, para o estabelecimento de uma tecnologia. Desta relação mútua concluímos que uma Modelagem Matemática, enquanto concepção de educação, na perspectiva CTS, deve responder à articulação entre modelos matemáticos e condicionantes sociopolíticos, enquanto constituidores de um código técnico que regula o design tecnológico. Consequentemente, tal apreensão nos leva a discutir a necessidade de uma ressignificação da alfabetização matemática na perspectiva CTS.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM

 

 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.