A EXPRESSÃO DE VALORES TEMPORAIS NUMA SEQÜÊNCIA NARRATIVA

Paulo Nunes da Silva

Resumo


A expressão do tempo, no texto, envolve diversas unidades lingüísticas: os tempos verbais, os adverbiais temporais, os conectores com valor temporal e as classes de estados de coisas. Uma análise da temporalidade que se pretenda completa deverá ter em conta o modo como esses elementos interagem para que o destinatário possa formar uma representação mental coerente. No caso particular das seqüências narrativas, o nosso objetivo consiste em verificar quais são os tempos verbais dominantes e explicitar, a partir dos valores semânticos descritos, os seus valores discursivos, contemplando, portanto, as duas dimensões (referencial e textual) do significado dos tempos verbais.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM

 

 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.