O BALANCED SCORECARD COMO MODELO DE GESTÃO AMBIENTAL

Julio Cezar Mairesse Siluk

Resumo


O artigo apresenta um ensaio do Balanced Scorecard (BSC) na gestão ambiental. Na medida em que a gestão ambiental é uma atividade estratégica para a empresa, o Balanced Scorecard deve conter indicadores ambientais, tais como utilização de energia limpa, recursos hídricos, reciclagem e qualidade. O artigo defende que a distribuição de indicadores ambientais pelas quatro perspectivas do Balanced Scorecard e/ou tornar ambiental os indicadores originariamente não ambientais é mais interessante do que a alternativa de uma perspectiva exclusiva para o meio ambiente (nenhuma destas duas alternativas se opõe á formulação de um Balanced Scorecard para o departamento de meio ambiente). Este ensaio apresenta as experiências já realizadas por empresas Brasileiras e internacionais sobre o uso do Balanced Scorecard na gestão ambiental.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM

 

 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.