NARRATIVAS AUTOBIOGRÁFICAS SOBRE A MATEMÁTICA NA TRAJETÓRIA FORMATIVA E PROFISSIONAL DE UMA PROFESSORA DA EDUCAÇÃO INFANTIL

Alessandra Imaculada de Almeida Neves, Rafaela Reis Azevedo de Oliveira, Sandra Alves de Oliveira

Resumo


Este artigo tem como objetivo compartilhar narrativas autobiográficas sobre a matemática na trajetória formativa e profissional de uma professora da educação infantil da rede municipal de ensino de Juiz de Fora. A produção de
narrativas autobiográficas de processos formativos experienciados pela partícipe da pesquisa representa as memórias de sua infância, os registros escritos, as anotações e os diários reflexivos de práticas de ensino em matemática que contribuíram para a construção de sua identidade docente e para atuação em sala de aula da educação infantil. Nesta pesquisa de abordagem qualitativa, as narrativas autobiográficas foram utilizadas como instrumento metodológico que propiciou compreender as histórias de experiências matemáticas no percurso das práticas formativas na educação básica e superior de uma professora da educação infantil. Os saberes matemáticos experienciais foram ressignificados nos encontros formativos que proporcionaram à professora entender os conteúdos de matemática para ensinar às crianças de forma dinâmica, motivadora, indagadora e instigante.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.37781/vidya.v42i1.4149

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM

 

 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.