O PLANEJAMENTO DE PROFESSORAS DOS ANOS INICIAIS: INSTRUMENTOS E ESTRATÉGIAS PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.37781/vidya.v41i2.3847

Resumo

Este estudo discute aspectos relacionados ao planejamento do professor dos Anos Iniciais, entendido como um elemento do trabalho docente e organizador da ação educativa. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, cujo objetivo consistiu em compreender o que, na perspectiva de um grupo de professoras, é levado em consideração na elaboração do planejamento com vistas ao ensino de Ciências à luz do desenvolvimento da Alfabetização Científica - AC. Os sujeitos da pesquisa foram três professoras dos Anos Iniciais de uma escola da rede municipal de ensino, localizada na região noroeste do Rio Grande do Sul - RS. A constituição dos dados se deu por meio da realização de entrevista semiestruturada e a análise seguiu os procedimentos da Análise de Conteúdo, a qual permitiu reconhecer a Base Nacional Comum Curricular como elemento fundamental para o planejamento. Além disso, o planejamento das professoras contempla o estabelecimento de uma rotina na sala de aula a qual valoriza o diálogo, os conhecimentos iniciais dos alunos e o contexto no qual eles estão inseridos, bem como a realização de atividades práticas e do estabelecimento de relações interdisciplinares, as quais podem conter elementos do desenvolvimento da AC.

Biografia do Autor

Adriane Kis Schultz, Universidade Federal da Fronteira Sul - Campus Cerro Largo - RS

Professora de Matemática na Educação Básica e mestranda do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências - PPGEC - UFFS.

Danusa de Lara Bonotto, Universidade Federal da Fronteira Sul, Cerro Largo, RS.

Professora de Matemática e do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências da Univerdade Federal da Fronteira Sul.

Downloads

Publicado

2021-11-10

Como Citar

Schultz, A. K., & Bonotto, D. de L. (2021). O PLANEJAMENTO DE PROFESSORAS DOS ANOS INICIAIS: INSTRUMENTOS E ESTRATÉGIAS PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS. VIDYA, 41(2), 97–113. https://doi.org/10.37781/vidya.v41i2.3847

Edição

Seção

Artigos