EMPRÉSTIMO E TRANSPORTE: NEGOCIAÇÕES DE SENTIDOS NA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA DE JOVENS E ADULTOS

Marluce Albring Coutinho, Elisabete Zardo Búrigo

Resumo


Este texto apresenta e discute um episódio de negociação entre alunas e professora em uma sala de aula de educação de jovens e adultos, durante o estudo do algoritmo escolar da multiplicação. O episódio é analisado a partir da perspectiva da negociação de significados, conforme proposto por Alan Bishop e Fred Goffree. A discussão travada entre professora e alunas a partir das diferentes concepções de “empréstimo e transporte” traz para o centro do episódio as negociações de sentidos e significados que as interações verbais propiciam entre os sujeitos. A observação participante foi a metodologia adotada para a realização da pesquisa, acompanhada de gravações em áudio das aulas e registros fotográficos dos materiais e das escritas das alunas. O estudo do episódio narrado revela que os sujeitos negociam modos de aplicação do algoritmo escolar de multiplicação e indica complexidades na apropriação da matemática escolar pelos jovens e adultos que retornam à escola.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.37781/vidya.v41i1.3840

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM

 

 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.