METODOLOGIA DA PROBLEMATIZAÇÃO COM O ARCO DE MAGUEREZ: DA FORMAÇÃO CONTINUADA AO DESENVOLVIMENTO DE AÇÕES TRANSVERSAIS NA ARGENTINA, BRASIL E URUGUAI

Cátia Silene Carrazoni Lopes Viçosa, Renata Godinho Soares, Vanderlei Folmer, Andréia Caroline Salgueiro Fernandes

Resumo


Investigamos a eficácia da Metodologia da Problematização com o Arco de Maguerez (MP/AM) como ferramenta para o Desenvolvimento Profissional Docente e para potencialização do desenvolvimento de Temas Transversais na escola. A pesquisa teve como participantes 96 docentes pertencentes à tríplice fronteira formada por Argentina, Brasil e Uruguai. Os dados foram coletados por questionários e tratados por meio da Teoria Fundamentada. Os resultados indicaram que a formação continuada ofertada contribuiu para o Desenvolvimento Profissional Docente. Os docentes entendem que a MP/AM, em diferentes perspectivas, é uma ferramenta que contribui para potencializar a inserção de Temas Transversais no espaço escolar. Na média avaliativa mensurada, a MP/AM foi considerada como um bom método de ensino. Conclui-se que a MP/AM é eficaz para inserir e desenvolver temas transversais em práticas educativas. No entanto, infere-se ser essencial investir em formações docentes voltadas à abordagem deste método.




DOI: https://doi.org/10.37781/vidya.v41i2.3839

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM

 

 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.