OS MESTRES E O TEMPO PEDAGÓGICO

Délcia Enricone

Resumo


São várias as reflexões sobre o tempo. Neste escrito, relacionamos passado, presente e futuro e identificamos as características do tempo pedagógico. Consideramos dois conceitos de tempo: cronológico (chrónos) e vivo (kairós). A tarefa de educação dos mestres repousa sobre concepções pessoais e sociais do futuro e este remete à esperança. O presente, o passado e o futuro aparecem na identificação do que existe e na preparação de inovações. Quando a educação poderá ser a realização da esperança no futuro? Quando considerar o educando sujeito de seu projeto pessoal de auto-realização; aceitar uma nova definição de homem, partindo de suas possibilidades, além de suas realidades; desenvolver uma percepção inquisidora, o pensamento crítico e a imaginação criadora; admitir que é sua obrigação transformar o mundo; cultivar emoções e sentimentos além de cognições; promover a ação comprometida do homem em busca da transcendência; superar a passividade receptiva, convertendo em presente o futuro esperado.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM

 

 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.