“O QUE EU FAÇO E O QUE EU DIGO QUE FAÇO”: A METACONSCIÊNCIA DE PROFESSORAS DE INGLÊS SOBRE TEORIAS DE APRENDIZAGEM

Luciane Kirchhof Ticks

Resumo


Este artigo discute as contribuições do processo reflexivo colaborativo para o desenvolvimento de uma metaconsciência acerca das concepções de aprendizagem (e ensino) que subjazem à prática pedagógica de professoras de inglês pré e em serviço. Para tanto, um processo reflexivo foi organizado e desenvolvido durante seis meses, com duas professoras pré e uma em serviço. O corpus coletado nesse período foi analisado sob a luz da Análise Crítica do Discurso (FAIRCLOUGH, 2003). Os resultados apontam para o fato de que o processo reflexivo desencadeado permitiu às participantes o desenvolvimento de uma metaconsciência acerca das escolhas feitas em sala de aula, que eram inicialmente subsidiadas pela perspectiva behaviorista, bem como discutir as possibilidades de organização da prática pedagógica com base na concepção sociocultural de aprendizagem.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM

 

 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.