A FORMAÇÃO DOS PROFESSORES DAS ESCOLAS PAROQUIAIS LUTERANAS GAÚCHAS DO SÉCULO XX

Autores

  • Malcus Cassiano Kuhn Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense - IFSul Câmpus Lajeado.
  • Arno Bayer Universidade Luterana do Brasil - ULBRA.

Resumo

O artigo é recorte de pesquisa desenvolvida num programa de pós-graduação e apresenta uma revisão bibliográfica sobre a formação dos professores das escolas paroquiais luteranas gaúchas do século XX, a partir do referencial da história cultural. Em 1900, o Sínodo de Missouri, hoje Igreja Evangélica Luterana do Brasil, iniciou missão nas colônias alemãs do Rio Grande do Sul, fundando congregações religiosas e escolas paroquiais. Tais escolas estavam inseridas num projeto missionário e comunitário que buscava ensinar a língua materna, Matemática, valores culturais, sociais e, principalmente, religiosos. Os professores paroquiais luteranos eram formados no Seminário Concórdia de Porto Alegre, no qual prevaleciam os conhecimentos doutrinários sobre os conhecimentos seculares. O professor paroquial era um elo entre a Igreja Luterana e as comunidades, um guardião da ordem e dos valores e em sua prática pedagógica, deveria levar em conta a realidade dos alunos para que eles se engajassem nas estruturas comunitárias posteriormente.

Biografia do Autor

Malcus Cassiano Kuhn, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense - IFSul Câmpus Lajeado.

Doutor em Ensino de Ciências e Matemática pela Universidade Luterana do Brasil – ULBRA/Canoas/RS. Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense – IFSul Câmpus Lajeado/RS. Membro do Grupo de Pesquisas sobre Formação de Professores de Matemática – GPFPMat.

Arno Bayer, Universidade Luterana do Brasil - ULBRA.

Doutor em Ciências da Educação pela Universidade Pontifícia de Salamanca – Espanha.

Professor e Pesquisador do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática – PPGECIM da ULBRA/Canoas/RS.

Líder do Grupo de Pesquisas sobre Formação de Professores de Matemática – GPFPMat.

Downloads

Publicado

2019-11-26