UM OLHAR MATEMÁTICO SOBRE O PROCESSO DE CULTIVO DE HORTALIÇAS NA COMUNIDADE QUILOMBOLA

Rosa Maria Gonçalves Santos, Idemar Vizolli

Resumo


Neste artigo, objetivou-se identificar ideias matemáticas presentes no processo de produção e partilha de hortaliças pelas pessoas da Comunidade Quilombola Lagoa da Pedra, Arraias, TO. A partir de visitas ao local e da atuação direta, fotografamos as pessoas desenvolvendo as atividades e os espaços de produção de hortaliças; conversamos com as pessoas para obter dados e informações sobre o cultivo da horta e o sistema de partilha das hortaliças. As conversas foram anotadas em papel pelos pesquisadores e depois transcritas. Inspirados no programa Etnomatemática de D’Ambrosio, efetuamos as análises dos dados e informações coletadas. Os resultados deste estudo indicam que, para efetuar a partilha, as pessoas fazem uso da divisão (partes iguais e partição) e, ao efetuarem medidas de comprimento, utilizam partes do corpo (mãos e pernas).

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM

 

 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.