CONCEPÇÃO AÇÃO-PROCESSO DO OBJETO MATEMÁTICO AUTOVALOR E AUTOVETOR – O ESTUDO DE CASO DE UM ALUNO DE ENGENHARIA

Joelma Iamac Nomura, Bárbara Lutaif Bianchini

Resumo


O objetivo desta pesquisa atrela-se aos resultados obtidos na Tese de Doutorado defendida no Programa de Estudos Pós-graduados em Educação Matemática da PUC-SP, em que propusemo-nos investigar as estruturas cognitivas envolvidas na construção do objeto matemático autovalor e autovetor conforme expõe a Teoria APOS de Dubinsky (1991). A pesquisa caracterizada como estudo de caso nos possibilitou identificar os dados a partir do discurso de estudantes dos cursos de Engenharia em contextos diversos de formação. A análise do conceito matemático específico levou à chamada decomposição genética com base nas ideias de Stewart (2008). Neste artigo, destacamos o resultado obtido na investigação de um estudo de caso com um aluno. Um maior grau de maturidade apresentado pelo aluno concluinte do curso possibilitou a resolução do problema, e a evidência de características que revelam uma concepção-ação-processo do objeto matemático autovalor e autovetor.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.37781/vidya.v34i1.24

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM

 

 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.