O TRABALHO COLABORATIVO NAS AÇÕES CRIATIVAS DE LICENCIANDOS QUANDO LIDAM COM ATIVIDADES DE MODELAGEM

Autores

DOI:

https://doi.org/10.37781/vidya.v43i2.4626

Palavras-chave:

Educação Matemática, Criatividade, Modelagem Matemática, Licenciatura em Matemática

Resumo

O presente artigo apresenta um recorte de uma pesquisa de doutorado que investigou as ações criativas de licenciandos em Matemática quando lidavam com atividades de Modelagem, no contexto de uma disciplina de Modelagem Matemática de uma universidade pública do oeste do Paraná. Para as análises, foram utilizadas as gravações das aulas, que ocorreram de modo remoto devido ao momento pandêmico em que os dados foram produzidos, e dos momentos em que os grupos se reuniam para lidar com as atividades. Dentre os resultados da pesquisa, nos debruçamos, neste artigo, sobre a categoria “As ações criativas são constituídas de modo colaborativo pelos estudantes” que evidencia que a característica, ora cooperativa, ora colaborativa, das atividades de Modelagem, contribui para que as ações criativas sejam constituídas de modo colaborativo pelos estudantes, com a mediação do professor e, ainda, que o espaço para a dialogicidade e liberdade, neste ambiente, fortalece a constituição das ações criativas.

Biografia do Autor

Elenice Josefa Kolancko Setti, Instituto Federal do Paraná - IFPR

Doutora em Educação em Ciências e Educação Matemática pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná - Unioeste (2022). Mestre em Ensino de Matemática pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (2017). Licenciada em Matemática com ênfase em Informática pela Universidade Paranaense - Unipar (2006). Possui especialização em Ensino de Matemática e Física pela Unipar (2008), Especialização em Gestão Escolar: Orientação e Supervisão pela Univale (2011) e Especialização em Educação do Campo pela Univale (2012). Docente efetiva EBTT do Instituto Federal do Paraná, campus Assis Chateaubriand. Membro do Grupo de Estudo e Pesquisa em Educação e Educação Matemática (GEPEEM), na linha de pesquisa de Modelagem Matemática e do Grupo de Estudo e Pesquisa em Ensino e Educação do IFPR, campus Assis Chateaubriand (GEPEEIF), na linha de pesquisa Ensino de Ciências e Matemática. Atua nas linhas de pesquisa Modelagem Matemática para o Ensino de Matemática e Criatividade no ensino.

Rodolfo Eduardo Vertuan, Universidade Tecnológica Federal do Paraná - UTFPR

Professor do Magistério Superior da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Câmpus Toledo. Docente Permanente do Programa de Pós-Graduação, Mestrado Profissional, em Ensino de Matemática (PPGMAT) da UTFPR, Londrina e Cornélio Procópio, desde agosto de 2015; do Programa de Pós-Graduação, Mestrado e Doutorado, em Educação em Ciências e Educação Matemática (PPGECEM) da UNIOESTE, Cascavel, desde abril de 2017 e do Programa de Mestrado Profissional em Rede Nacional (PROFMAT) da UTFPR, Toledo, desde março de 2018. Possui Licenciatura em Matemática (2004), Especialização em Educação Matemática (2005), mestrado em Ensino de Ciências e Educação Matemática (2007) e doutorado em Ensino de Ciências e Educação Matemática (2013) pela Universidade Estadual de Londrina. Foi diretor da regional do Paraná da Sociedade Brasileira de Educação Matemática de 2013 a 2019 e Diretor-Geral do Câmpus Toledo da UTFPR de 2018 a 2021. É coordenador do Grupo de Pesquisa em Educação e Educação Matemática (GEPEEM) e atua principalmente no curso de Licenciatura em Matemática do câmpus Toledo da UTFPR. Tem experiência na área de Educação Matemática com ênfase em Ensino e Aprendizagem da Matemática, especialmente nos temas Modelagem Matemática, Criatividade e Metacognição.

Downloads

Publicado

2023-12-15

Como Citar

Setti, E. J. K., & Vertuan, R. E. (2023). O TRABALHO COLABORATIVO NAS AÇÕES CRIATIVAS DE LICENCIANDOS QUANDO LIDAM COM ATIVIDADES DE MODELAGEM. VIDYA, 43(2), 307–326. https://doi.org/10.37781/vidya.v43i2.4626