ANÁLISE DISCURSIVA DO REFERENCIAL CURRICULAR DO PARANÁ (2018): O LUGAR DA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA COMO INSTRUMENTO DE MANUTENÇÃO SOCIAL

Autores

DOI:

https://doi.org/10.37781/vidya.v43i1.4586

Resumo

Este artigo tem como objetivo geral produzir sentidos sobre os Princípios, Direitos e Orientações do Referencial Curricular do Paraná (RCP) de 2018 em torno da Educação Matemática com foco nos anos finais do ensino fundamental. Alinhavamos também a seguinte questão central: quais os sentidos predominantes que situam o processo de ensino e aprendizagem da Educação Matemática no RCP de 2018? Para dar cabo desta proposta, utilizamos a fundamentação teórica e metodológica da Análise de Discurso, estabelecendo costuras e conexões com a Base Nacional Comum Curricular de 2017. A pesquisa caminha para uma Educação Matemática isolada de críticas sociais e fortemente alinhada com preceitos meritocráticos regidos por um viés quantitativo e classificatório dos envolvidos pelo processo educativo, em uma abordagem que centraliza e prioriza a matemática como engrenagem regulatória e política.

Biografia do Autor

Lucas Martini, Universidade Federal do Paraná

Graduado em Licenciatura em Matemática pelo Instituto Federal Catarinense Campus Camboriú. Mestre em Educação Matemática pelo Programa de Pós Graduação em Educação em Ciências e em Matemática (PPGECM) da Universidade Federal do Paraná (UFPR) com fomento CAPES/DS. Doutorando em Educação do Programa de Pós Graduação em Educação (PPGE/UFPR). Professor de Matemática na rede estadual paranaense na escola Alfredo Parodi, em Curitiba. Se aventura nos seguintes temas: Pesquisas Curriculares, Educação Matemática e Estudos discursivos. Membro do grupo de estudos e pesquisas: Formação de Professores e Práticas de Ensino - (FOPPE) pelo PPGE/UFSC e do Grupo de Estudos Curriculares, Decolonialidade, Diversidade e Subalternidade - (GECUDEDIS) pelo PPGECM/UFPR. Atual técnico da Sociedade Brasileira de Educação Matemática - Santa Catarina (SBEM-SC).

Elenilton Vieira Godoy, Universidade Federal do Paraná

Bacharel em Matemática pela PUC-SP e licenciado em Matemática pelo Centro Universitário Sant'Anna. Mestre em Educação Matemática pela PUC-SP e doutor em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (FEUSP). Pós-Doutor em Educação pela FEUSP. Atualmente sou professor adjunto do departamento de Matemática, do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e em Matemática (PPGECM) e do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Minha experiência de investigação procura colocar em diálogo-movimento discussões envolvendo Estudos Curriculares, Estudos Culturais e Educação Matemática.

Downloads

Publicado

2023-07-26

Como Citar

Martini, L., & Godoy, E. V. (2023). ANÁLISE DISCURSIVA DO REFERENCIAL CURRICULAR DO PARANÁ (2018): O LUGAR DA EDUCAÇÃO MATEMÁTICA COMO INSTRUMENTO DE MANUTENÇÃO SOCIAL. VIDYA, 43(1), 203–220. https://doi.org/10.37781/vidya.v43i1.4586

Edição

Seção

Artigos