ANSIEDADE MATEMÁTICA NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL: A INFLUÊNCIA DOS PARES, PAIS E PROFESSORES

Ana Maria Antunes de Campos, Ana Lúcia Manrique

Resumo


A ansiedade matemática é uma aversão e resposta negativa perante situações que envolvam a matemática, e que pode modificar o estado cognitivo, fisiológico e comportamental do estudante. O estudo aponta que os procedimentos psicológicos produzem efeitos sobre quatro processos: cognitivo, motivacional, afetivo e de seleção. Existem forte indícios demonstrando que a ansiedade matemática se inicia na tenra idade. Nesse sentido, esse artigo, caracterizado como um ensaio teórico, busca responder a seguinte questão norteadora: que fatores contribuem para a ansiedade matemática de estudantes dos anos iniciais do Ensino Fundamental e de que modo implicam no processo de escolarização? E tem como objetivo analisar algumas pesquisas que discutem a ansiedade matemática nos anos iniciais do Ensino Fundamental. Os resultados revelam que a influência dos pais e as atitudes dos professores podem incidir na ansiedade matemática dos estudantes que, geralmente, é correlacionada com os distúrbios de aprendizagem presentes na escola.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.37781/vidya.v40i2.3366

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM

 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusiva dos autores.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.