O DESENVOLVIMENTO DO PENSAMENTO GEOMÉTRICO E AS CONTRIBUIÇÕES DOS RECURSOS DIDÁTICOS NO ESTUDO DOS QUADRILÁTEROS

Roselene Alves Amâncio, Eliane Scheid Gazire

Resumo


A pesquisa aqui apresentada foi realizada com alunos do 8º ano do Ensino Fundamental de uma escola particular de Belo Horizonte. O trabalho foi embasado nas teorias propostas por Pais (1996, 2000) e Fischbein (1993) para compreender o desenvolvimento do pensamento geométrico; e também nos trabalhos de Fiorentini e Miorim (1990) e Lorenzato (2006) para identificar como os recursos didáticos podem contribuir para aprendizagem da geometria.  Neste artigo, focalizamos a análise de duas atividades que utilizaram recursos distintos: a dobradura e o geoplano de madeira. As atividades foram propicias para que os alunos construíssem os conceitos abordados e também para que fossem refinadas e aprofundadas algumas propriedades dos quadriláteros estudadas anteriormente. A pesquisa mostra que a utilização dos recursos didáticos aliados a uma reflexão intelectual sobre a experiência realizada é fundamental para o aprendizado da Geometria.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.37781/vidya.v35i2.589

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM

 

 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.