A EDUCAÇÃO AMBIENTAL E AS CIÊNCIAS DA TERRA: RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA COM PROJETO ARTICULADOR NO ENSINO FUNDAMENTAL I

Wagner Marcelo Pommer, Clarice Peres Carvalho Retroz Pommer

Resumo


Neste texto, descrevem-se os resultados de uma pesquisa-ação que objetivou analisar um projeto articulador. O referido projeto, aplicado no 5º ano do Ensino Fundamental I, foi desencadeado a partir das indagações dos alunos frente à poluição causada por combustíveis fósseis: como e quando se originou o petróleo? Esses combustíveis são produzidos industrialmente ou são extraídos da natureza? As discussões oriundas localizaram a formação do petróleo como um recurso natural ‘nãorenovável’ e fomentaram comentários sobre as consequências atuais deste uso excessivo. O projeto obteve assessoria de pesquisadores do Instituto de Geociências da USP, parceira que fomentou a proposição da representação de alguns eventos na fita do tempo da Terra. A articulação dos conhecimentos científicos desencadeou ambiente propício para ampliação das possibilidades de ações discentes, revelando aspectos positivos na aproximação escola/universidade. Os registros escritos e orais revelaram a mobilização de recursos cognitivos, procedimentais e atitudinais dos alunos para favorecer a Educação Ambiental.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.37781/vidya.v33i1.247

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM

 

 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.