As dimensões do ensino jurídico para práticas de extensão em cenário digital: experiências com o consumo de crédito e consumidores superendividados

Vitor Hugo do Amaral Ferreira

Resumo


Os cursos jurídicos desenvolvem importante papel em todos os setores da vida social, por meio deles são formados profissionais que exercem forte influência, nas mais diversas atividades que organizam uma sociedade. Este ensaio contempla a discussão sobre o papel do ensino jurídico na sociedade atual, especificando quais as perspectivas para desenvolver um processo de ensino de maior eficácia, condizente aos novos tempos. Torna-se necessário discutir as formas de operacionalizar tal possibilidade, com recorte às atividades de extensão, em que o desenvolvimento acadêmico, assim como, o próprio ensino jurídico, está atrelado ao avanço do Direito em si, e por consequência, ao progresso da sociedade. A ideia levantada neste estudo apresenta, inicialmente, uma análise acerca da compreensão do ensino jurídico e a contextualização histórica em que se desenvolveu a evolução curricular. A segunda parte cuida de um fenômeno preocupante na sociedade de consumo, derivado da concessão desenfreada de crédito, o superendividamento dos consumidores. Este é o cenário de atuação do projeto de ensino e extensão em prevenção e tratamento aos consumidores em situação de superendividamento; experiência relatada neste texto.


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.37778/sa.v18i1.3981

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM

 

 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.