SOBRE EDUCAÇÃO E FORMAÇÃO PARA A CIDADANIA

Solange Dejeanne

Resumo


Até que ponto podemos na atualidade, em nossos sistemas educacionais, pressupor que a medida do “bom cidadão” é suficiente (bastante) para o “bom indivíduo”, ou vice-versa, como se pudéssemos considerar que “não há diferença entre a qualidade do indivíduo e a qualidade da comunidade”? Seria este mesmo o pressuposto de nossa legislação acerca dos Fins da Educação Nacional? O texto trata destas questões, explorando basicamente um texto de Bertrand Russell, no qual ele defende que “a cultura do indivíduo e o preparo do cidadão são coisas diferentes”. Também sugere-se que a aceitação da tese de Russell nos leva a pensar sobre a complexidade que implica um sistema educacional disposto a formar o indivíduo tanto nas suas demandas pessoais quanto de sua condição de cidadão/cidadã.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.37782/thaumazein.v13i25.3573

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM

 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Não há custos de publicação e leitura, mas doações são bem vindas.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.