O comportamento da força, equilíbrio e propriocepção em mulheres idosas sendentárias submetidas a um programa de hidrocinesioterapia

Lucas Rosinski da Silva, Ana Paula Ziegler Vey, Alecsandra Pinheiro Vendrusculo, Melissa Medeiros Braz

Resumo


O envelhecimento é um fenômeno natural, irreversível, que ocasiona perda estrutural e funcional progressiva no organismo. A hidrocinesioterapia vem como uma proposta de manter a saúde do idoso, retardando e até mesmo prevenindo alterações funcionais. Essa pesquisa teve como objetivo avaliar o efeito de um programa de hidrocinesioterapia sobre o equilíbrio, força e propriocepção de idosas sedentárias. A amostra foi composta por 22 idosas. Como instrumentos de coleta de dados, foram utilizados provas de função muscular, escala de Berg e teste dedo-nariz.  Os dados foram analisados pela estatística descritiva. Verificou-se que não houve diferença nos dados de força, equilíbrio e propriocepção, embora o relato das participantes confirme a melhora na disposição e habilidade para a realização das AVDs, melhora da resistência muscular e cardiovascular, o que consequentemente proporcionou um importante desenvolvimento da autonomia, autoconfiança e imagem corporal das idosas.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.