Saber e complexidade como fundamento epistemológico da pedagogia e da cidadania ambiental

Carla da Silva Ribeiro, Cadidja Coutinho, Noemi Boer

Resumo


Neste estudo, que se caracteriza como uma revisão bibliográfica, de abordagem qualitativa, objetiva-se apontar como o saber ambiental e a complexidade se constituem em fundamento epistemológico da pedagogia e da cidadania ambiental. Para tanto, realizou-se uma investigação em obras e artigos científicos que abordam o tema em questão. O estudo permite constatar que o saber ambiental deve direcionar-se à resolução de problemas, baseado em valores éticos do saber complexo e em conhecimentos práticos, para viabilizar a reconstrução da ordem socioambiental, a reorganização das bases de produção e a sobrevivência humana. Essa lógica possibilita perceber que a construção da cidadania ambiental, em uma sociedade complexa, é pertinente, a fim de minimizar os problemas ambientais causados pela ação do homem, superar o modelo econômico capitalista, que considera a natureza fonte indiscriminada de recursos. Portanto, é preciso repensar e reelaborar o processo educativo, na medida em que as sociedades se transformam.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pela Universidade Franciscana.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.