Mobile banking e interatividade: uma análise comparativa dos aplicativos Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal

Pabla Pereira da Silva, Taís Steffenello Ghisleni

Resumo


Considerando o fato que o número de usuários de smartphones aumenta a cada ano e que o telefone móvel está mais moderno com o uso da tecnologia dos aplicativos que promovem interações sociais e ajudam a realizar tarefas cotidianas, o artigo buscou entender de que modo ocorre as interações entre banco e cliente através dos aplicativos do Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal. Conceitos sobre interatividade, usabilidade, midiatização, banco móvel e comportamento do consumidor de tecnologia foram utilizados, a fim de trazer base teórica para o estudo. A metodologia de natureza qualitativa fez uso de observação e análise de conteúdo dos App’s citados. Como resultado, o artigo conclui que o aplicativo do Banco do Brasil está mais midiatizado do que o aplicativo da Caixa e, dessa forma, parece interagir melhor com os clientes, buscando promover uma relação que distancia o tempo e espaço enquanto reorganiza tarefas diárias dos usuários.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pela Universidade Franciscana.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.