O paradigma da complexidade e a metodologia de projetos: um estudo de revisão teórica

Anderson Daniel Stochero, Carolina Nicolodi Dias, Noemi Boer

Resumo


O paradigma da complexidade tem como foco o indivíduo, visto como um ser complexo, integral e ativo na construção do seu conhecimento, enquanto concilia razão com sentimentos, emoções e saberes cotidianos. Neste estudo, tem-se por objetivo identificar as relações entre o paradigma da complexidade e a metodologia de projetos de aprendizagem no ambiente escolar. A metodologia do estudo baseia-se em uma revisão bibliográfica, a partir de autores como Behrens (2008), Freire (1987), Martinazzo e Barbosa (2016), Morin (2011), Pantaleão (2003), Petraglia (2008). É possível concluir que há uma convergência entre o paradigma da complexidade e a metodologia de projetos, em relação a pressupostos similares, principalmente na visão do conhecimento como rede interligada, que possibilita aos estudantes a constituição de um saber mais significativo, complexo e relacionado à sua realidade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pela Universidade Franciscana.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.