Gêneros de humor e o livro didático: possibilidades de uma abordagem teórico-metodológica

Marilei Ribeiro Badke, Nilsa Reichert Barin

Resumo


Neste trabalho, objetivou-se uma discussão analítica sobre a presença de textos de humor no livro didático de Língua Portuguesa. Partiu-se das categorias indicadas por Travaglia (1989), entre outros níveis de análise, para verificar como as propostas didáticas são contempladas em três gêneros textuais selecionados: tira, charge e história em quadrinho. Para tanto, no referencial teórico, estão contemplados, em especial, autores como Travaglia (1989), Soares (2001), Antunes (2003), Franchi (2006), Batista (2009) e Costa (2014). Para a análise dos gêneros selecionados, seguiram-se, basicamente, as categorias quanto aos objetivos do humor, o humor quanto ao assunto, o humor quanto ao código, o que provoca o riso e também quanto aos mecanismos linguísticos. Na análise das atividades propostas pelo livro didático na exploração dos textos de humor, verificou-se o predomínio da abordagem gramatical ou discursiva e os resultados apontaram que, mesmo havendo a exploração de questões discursivas, ainda é muito forte a presença da abordagem gramatical, cuja metalinguagem não serve de apoio para discutir o que realmente neles provoca o riso. Dessa forma, com base nesta pesquisa teórico-aplicada, procurou-se colaborar para o fortalecimento do gênero de humor, como importante recurso didático na escola.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pela Universidade Franciscana.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.