Multimodalidade: um estudo sobre as categorias úteis para a análise de infográficos

Amanda Rampelotto Löbler, Najara Ferrari Pinheiro, Graziela Knoll

Resumo


Neste artigo, que consiste em um recorte de uma dissertação de mestrado em andamento, o objetivo é investigar que categorias multimodais se mostram eficazes para a análise de infográficos. Desse modo, foi realizada uma pesquisa exploratória para conceituar elementos chaves para as discussões aqui apresentadas, abrangendo os trabalhos de: Halliday e Hasan (1989), Hodge e Kress (1988) e van Leeuwen (2005), sobre a semiótica social; Kress e van Leeuwen (2006), Dionísio (2014) e Jewitt (2009); Rabaça e Barbosa (2001) e Teixeira (2010) para conceituar os infográficos.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pela Universidade Franciscana.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.