(Re)significando o papel da espiritualidade na prática dos gestores

Isabel Sousa Araújo, Arlei Peripoli

Resumo


Pensa-se em uma educação que contemple a organização das experiências que os seres humanos realizam cotidianamente, sejam elas pessoais ou sociais, também vista como elemento essencial para a formação e constituição da personalidade humana. O ser humano vive constantes desequilíbrios. Desequilíbrios estes, que levam as pessoas a crise e, por vezes, a perda de sentido da vida. E a espiritualidade vem colaborar com o ser humano na busca desse sentido que é essencial para a realização pessoal e profissional. Neste artigo se aliam gestão e espiritualidade, porque, quando em uma instituição os valores são tidos como essenciais, as relações se tornam possíveis, as pessoas vivem mais felizes e expressam esta felicidade em seu modo de ser e fazer. Vislumbram esta realidade como se fosse dois mundos distintos, mas, por serem distintos, têm uma relação entre si. Isso é pensar na qualidade dos resultados, na realização pessoal, sendo esse o papel do gestor escolar. O artigo é de abordagem qualitativa e pesquisa bibliográfica, pois objetiva apresentar a partir da reflexão, a (re)significação do papel da espiritualidade na prática dos gestores, estes como mediadores do conhecimento. Percebeu-se, a partir da pesquisa que, refletir sobre espiritualidade na prática dos gestores se faz necessário e que a prática da gestão compartilhada se fundamenta na espiritualidade visando assim uma educação mais humana e equânime a todos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pela Universidade Franciscana.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.