A inclusão de pessoas com necessidades especiais (PNE) no mercado de trabalho em uma empresa do ramo calçadista

Autores

  • Rafael Magalhães de Abreu
  • Alexandre Galina Bolzan

Resumo

A inclusão de portadores de necessidades especiais (PNE) nas organizações mostra-se como peça de fundamental importância na inserção de novos trabalhadores no mercado de trabalho. Com a inclusão de diferentes tipos de características profissionais, a empresa tende a ser valorizada perante o mercado local, agregando valor a sua marca em um ambiente de trabalho favorável e com a formação de espírito de equipe. A presente pesquisa teve como objetivo principal analisar, sob a ótica dos colaboradores, se a empresa está preparada para receber colaboradores com necessidades especiais, e justifica-se primordialmente pelo processo de avaliação das grandes dificuldades ambientais ou preconceitos por parte de outros colaboradores da empresa. A pesquisa foi realizada com a participação de 5 funcionários PNE, sendo a coleta de dados feita através de um questionário disposto em 3 fatores: Processo de seleção de PNE, ambiente organizacional, socialização entre colaboradores e oportunidade de crescimento na organização. Os principais resultados em relação ao perfil demonstraram que a maior parte dos entrevistados é do gênero masculino, acreditam que a Lei influenciou em sua contratação, avaliam que a empresa está preparada para recebê-los, acham que através de sua formação atual podem ter um crescimento na organização. No entanto, há uma divisão entre a existência de um plano de carreira para PNE, onde todos os entrevistados concordam plenamente que há uma constante qualificação de seus colaboradores.

Downloads

Edição

Seção

Artigos