A certificação da qualidade do ar de interiores: o caso do Royal Plaza Shopping

Emanuele Dellamea Rizzetti, Andréa Bach Rizzatti, Taís Casten Jora, Jordana Marques Kneipp, Jordana Marques Kneipp, Leticia Lengler

Resumo


Com um consumidor cada vez mais exigente, muitas empresas estão buscando um diferencial competitivo e uma possibilidade de se alcançar isto, consiste na implementação de certificações que podem conferir uma maior qualidade aos produtos ou serviços oferecidos. Visando compreender a realidade empresarial de Santa Maria no que tange a adoção de certificações, esta pesquisa tem o objetivo de descrever a gestão da qualidade no Royal Plaza Shopping, com relação à certificação da qualidade do ar. A partir de uma entrevista realizada com um dos gestores, identificou-se que desde 2013 o shopping busca atender às exigências normativas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) para garantir um ambiente confortável e agradável para os usuários, mais especificamente no que se refere a manter os padrões de qualidade do ar em um local público e fechado.  Em função de possuir a Certificação da Qualidade do Ar de Interiores (QAI) e realizar análises da qualidade do ar a cada seis meses, o setor administrativo do shopping percebe que a implantação dessa certificação traz um retorno positivo para os usuários, principalmente em função dos lojistas do shopping demonstrarem estar satisfeitos com relação a essa medida adotada.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM

 

 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.