Efeitos da fisioterapia com abordagem em grupo sobre a incontinência urinária feminina na atenção primária de saúde em Santa Maria

Andriele Gasparetto, Hedioneia Maria Foletto Pivetta, Letícia Fernandez Frigo, Melissa Medeiros Braz, Juliana Falcão Padilha, Naidane Santos, Nathiele Dias Tonetto, Sinara Porolnik

Resumo


A incontinência urinária (IU) feminina é um problema de saúde pública com grande incidência no Brasil que traz prejuízos para a qualidade de vida das portadoras.  O objetivo desse trabalho foi avaliar os efeitos da fisioterapia sobre a incontinência urinária feminina em um grupo na atenção primária de saúde na cidade de Santa Maria, RS. Foram avaliadas três mulheres portadoras de IU submetidas a um programa de cinesioterapia e ações de educação em saúde. Todas responderam a uma ficha de avaliação adaptada de Stephenson e O´Connor (2004) e Moreno (2004). A intervenção fisioterapêutica contribuiu para mudanças positivas nos hábitos de vida diários e alimentares relacionados à IU, na melhora da qualidade de vida e na diminuição da intensidade da perda urinária na maioria das mulheres, o que pressupõe que os profissionais da saúde precisam empoderar os usuários sobre os cuidados de sua saúde, descentralizando e evitando o uso de medicamentos não prescritos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.