Saúde do idoso e envelhecimento na perspectiva ecossistêmica: atuação da enfermagem

Márcio Kist Parcianello, Caren Franciele Coelho Dias, Graziele Gorete Portella da Fonseca, Hilda Maria Barbosa de Freitas, Cláudia Zamberlan

Resumo


O Brasil encontra-se em situação de envelhecimento populacional visto que a cada década, o número de idosos aumenta significativamente. Assim, neste estudo, objetivou-se discutir e refletir sobre a temática do idoso na contemporaneidade de modo ampliado e global, principalmente no âmbito do enfoque ecossistêmico, que traz à tona questões profundas e complexas dessa relação.  O trabalho foi construído a partir de um estudo teórico-reflexivo, de caráter bibliográfico, com dados fundamentados na literatura em analogia, com pesquisadores que discutem a situação de envelhecimento populacional e a abordagem ecossistêmica pela equipe de saúde. O grau de vulnerabilidade do organismo envelhecido é heterogêneo e para reconhecer essas diferenças uma visão sistêmica é exigida dos enfermeiros. Pode-se observar que esse constructo é complexo e necessariamente sistêmico, pois a abordagem ecossistêmica irá qualificar as ações na assistência à saúde. Dessa forma, este estudo contribuirá com a enfermagem sob esse enfoque de modo relevante, pois refletir sobre o tema vigente suscita em repensar na prática o cuidado.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.