Perfil lipídico, glicêmico e ingestão alimentar em pacientes com síndrome metabólica de uma unidade básica de saúde de Santa Maria - RS

Camila Hercolani Alegretti, Kathia Abreu Domingues, Gilberti Helena Hübscher, Lize Stangarlin

Resumo


A Síndrome Metabólica representa uma situação clínica caracterizada por um agrupamento de fatores de risco para doença cardiovascular. O objetivo neste trabalho foi avaliar o perfil lipídico, glicêmico e o consumo de frutas, hortaliças e carboidratos refinados em pacientes com Síndrome Metabólica. O estudo foi realizado com pacientes de uma Unidade Básica de Saúde na cidade de Santa Maria, RS, o período de 11 de abril a 28 de junho de 2007. Para determinar o diagnóstico nutricional de sobrepeso e obesidade, foram utilizados o Índice de Massa Corpórea e exames laboratoriais. Verificou-se que 100% dos pacientes possuíam Diabetes Mellitus tipo 2, 31% eram hipertensos e 14% eram obesos. Foram obtidos valores elevados de LDL-colesterol e triglicerídios e consumo de 2 a 3 porções de frutas e hortaliças, e de 5 porções de carboidratos refinados, em ambos os grupos. Conclui-se que, embora os níveis de HDL-c não tenham apresentado alterações significativas, os níveis elevados do LDL-c e triglicérides ficaram presentes entre os fatores de risco para a Síndrome Metabólica nos pacientes estudados e os mesmos apresentaram hábitos alimentares inadequados podem agravar o quadro clínico dos mesmos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.