Os efeitos do exercício físico em meio aquático no risco de quedas e equilíbrio em um grupo de idosas

Angélica Lazzarotto Campagnolo, Jaqueline de Fátima Biazus, Clándio Tim Marques, Alethéia Peters Bajotto

Resumo


Objetivos: Investigar os efeitos do exercício físico em meio aquático no que se refere a equilíbrio e risco de quedas de idosas participantes de grupo socioterápico. Metodologia: estudo de pesquisa quantitativo, retrospectivo e prospectivo, de intervenção quase experimental sem grupo controle. As participantes realizaram exercícios físicos em meio aquático por aproximadamente 21 meses, na frequência de duas vezes por semana. Foram avaliadas quanto ao risco de quedas (Timed up and go test) e equilíbrio (escala de Berg). Resultados: não houve uma diferença significativa nos valores do escore BERG, pré e pós intervenção, p=0,888, mas encontrou-se diferença significativa nos valores do escore TUG, p=0,035. Conclusão: o exercício físico em meio aquático não apresentou influência sobre o equilíbrio de idosas que realizavam exercícios em grupo. Mas, quando comparados os resultados pré e pós-intervenção relacionados ao risco de quedas, houve uma diferença estatisticamente significativa, pois o risco de quedas diminuiu nesta amostra de idosas.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pelo Centro Universitário Franciscano.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.