Letramento e crítica social a partir do tema “globalização”

Patrícia Albarello, Natália Lampert Batista, Elsbeth Léia Spode Becker

Resumo


Este texto tem o objetivo de fazer uma pequena descrição, reflexiva, sobre o letramento e a sua influência na transformação dos usuários dos meios de comunicação em sujeitos ativos e críticos. A metodologia está embasada na reflexão e na análise descritiva do tema “globalização”. Para tanto, partiu-se da Declaração Universal dos Direitos Humanos (1948), visando à necessidade do letramento e da crítica social na atual fase do período técnico-científico-informacional. Para dar a ênfase crítica ao tema, foram escolhidos um texto, um documentário e um curta-metragem, que fazem uma apreciação crítica à sociedade contemporânea. Pôde-se inferir que o texto, o documentário e o curta-metragem fazem uma profunda crítica ao consumismo e à ditadura da busca pela aparente felicidade capitalista e têm um papel importante a cumprir no apoio à democracia. Concluiu-se que, o letramento e o multiletramento oferecem as habilidades e as competências para que a sociedade global vislumbre um outro mundo possível, a partir da crítica social necessária para a globalização.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pela Universidade Franciscana.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.