Os novos rumos familiares e a escola diante de tais perspectivas

Marcos Antunes Kopstein, Diego Carlos Zanella

Resumo


Demonstram-se neste ensaio aspectos concernentes aos novos rumos familiares que ensejam a construção dos mais variados conceitos de estrutura familiar na sociedade brasileira. A noção de família no Brasil foi sofrendo mudanças e sendo redefinida desde a emancipação da mulher e sua entrada no mercado de trabalho, formando, assim, as mais diferentes entidades familiais, como as famílias mono e pluriparentais, família paralela e a homoafetiva. Ademais, torna-se relevante relatar que diante disso, que a escola exerce papel fundamental frente aos seus estudantes para a exposição desses diferentes tipos de estruturas parentais e no esclarecimento do respeito e tolerância às diferenças. Logo, investiga-se a importância e como se aborda os mais diferentes tipos de estrutura familiar no ambiente escolar, para, assim, combater preconceitos e desenvolver a dignidade humana plenamente. Destarte, este artigo tem por base metodológica a análise da legislação pátria e por referencial bibliográfico, livros e artigos científicos.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pela Universidade Franciscana.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.