Síndrome de Burnout em docentes

Suelen Fernanda Nunes, Luciane Najar Smeha

Resumo


O estudo apresenta o resultado de uma pesquisa teórica, que objetivou compreender os fatores desencadeantes da Síndrome de Burnout em docentes de escolas de ensino médio e elucidar seus sintomas e possibilidades de tratamento. Foi realizada uma revisão narrativa de literatura. Os dados foram obtidos por meio de buscas na base de dados Scielo, para isso utilizou-se como descritores: Síndrome de Burnout e docência. Além disso, também foram utilizados livros e capítulos de livros que versam sobre a temática. O estudo revelou a importância do esclarecimento à sociedade sobre o risco da Síndrome de Burnout em docentes, considerando que esses profissionais estão expostos aos seguintes fatores desencadeantes: situações de estresse, cansaço, exaustão emocional, sobrecarga de trabalho, baixa remuneração e pouco reconhecimento social. Assim, a escola poderá prevenir fatores desencadeantes e detectar precocemente os sintomas que indicam sofrimento psíquico e, a partir disso, orientar e incentivar o docente a buscar tratamento especializado.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pela Universidade Franciscana.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.