Aspectos culturais da comunidade indígena kaingang e sua inserção social e econômica na cidade de Santa Maria/RS

Alissani Konig, Elsbeth Léia Spode Becker

Resumo


A cidade de Santa Maria, assim como em todo o estado do Rio Grande do Sul, apresenta-se como multicultural, pois é habitada por diferentes povos e composta de diferentes etnias tais como negros, brancos, alemães, italianos e os nativos (os indígenas). Este trabalho tem como objetivo apresentar os aspectos culturais da comunidade indígena dos kaingang da Aldeia Três Soitas e sua inserção social e econômica na cidade de Santa Maria - RS. A pesquisa utilizou a abordagem qualitativa, pois procurou mostrar os aspectos culturais, especialmente o artesanato, a partir da visão do artesão em relação ao objeto, sua conexão com materiais utilizados e o comércio para a sustentabilidade econômica. O instrumento de pesquisa foi a entrevista ao artesão, à diretora da escola indígena e ao cacique. Pôde-se concluir que os caciques aldeados mantêm suas expressões culturais nos artesanatos e, por meio do comércio desses artigos, alcançam alguma viabilidade econômica para as necessidades mais imediatas (alimentação). Os indígenas kaingang desejam seguir o seu próprio caminho, ou seja, há necessidade de se assumirem como sujeitos de sua própria história, capazes de conduzir e negociar suas mudanças diante do capitalismo e sua inserção na sociedade contemporânea.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pela Universidade Franciscana.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.