O papel da burguesia na criação do estado moderno europeu: uma breve análise dessa relação na perspectiva econômica, jurídica e política

Lucio Henrique Spiazzi Algerich Antunes, Yoshiaki Yamamoto Kiyama, Marcos Pascotto Palermo

Resumo


O presente estudo teve como objetivo adentrar a discussão sobre a criação do Estado moderno europeu e sua relação com a burguesia. Para tanto, utilizou-se bibliografia compatível com as disciplinas introdutórias dos cursos de Direito brasileiros, especialmente a de Teoria do Estado. Neste aspecto, as atividades burguesas foram relacionadas à dinamização criativa, sendo que este grupo de mercadores/comerciantes foi relevante para a criação do Estado enquanto instituição, assim como as nuances que oportunizaram e confirmaram a crucial tarefa no desenvolvimento econômico da Europa. Além de observar os fatores econômicos, também foram estudadas as perspectivas e laborações com que a burguesia, em seu âmago de atividade, colaborou para a evolução político-social, perpassando o mecanismo em direção ao Estado Absolutista.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pela Universidade Franciscana.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.