"O meu corpo mudou tão depressa": as repercussões da gravidez na sexualidade feminina

Daiana Facco, Cristina Saling Kruel

Resumo


Com objetivo de investigar as repercussões psicológicas advindas das mudanças ocorridas no corpo da mulher durante o período gestacional, em especial no que tange à sexualidade, este estudo propôs uma pesquisa teórica a partir das publicações realizadas, nos últimos dez anos, em periódicos nacionais e bibliografias relevantes sobre esta temática. A análise dos resultados mostrou que os novos contornos corporais da mulher grávida podem interferir no âmbito emocional da mulher, sendo que a barriga saliente é a principal fonte de confirmação do estado gravídico. A respeito da sexualidade, destaca-se que essa sofre intensas mudanças, exigindo, muitas vezes, da mulher grávida e do casal a busca por novas formas de satisfação do prazer sexual, para além da penetração vaginal, que envolve carícias, cuidado e aumento da intimidade.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


OUTRAS PUBLICAÇÕES DA UNIVERSIDADE FRANCISCANA

 

Artes, Letras e ComunicaçãoCiências da SaúdeCiências HumanasCiências Naturais e Tecnológicas

Ciências Sociais AplicadasThaumazeinVidya

 

INDEXADA EM


 

Os artigos publicados não expressam necessariamente a opinião da revista e são de responsabilidade exclusivados autores.

Todos os custos são cobertos pela Universidade Franciscana.


Creative Commons License

This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 Unported License.